Cordeone 

Loïc Da Silva

FraizeuhMagik2.jpg
 
 
Um acordeonista que jà identifiquei hà algum tempo. Original e Musical.
— Richard Galliano (no álbum Lico Da Silva & Arnaud Ciapolino duo de acordeões/flauta)

Cordeone começa a música com 9 anos de idade nas festas portuguesas em França. Após 3 anos de acordeão, autodidacta, estuda o piano, a viola, a guitarra de fado, a bateria, o baixo e as percussões brasileiras

Em 1998, colabora durante 10 anos com La ruda salska, Jah Mason, Turbulence, Norrisman, Big Joe Turner and his Memphis blues caravan, Rauni, Tati Veras (Raiz do Sana), e mais.

Decide compor a sua própria música, espelho da sua identidade.

 

O seu primeiro álbum chama-se Vida. Nele, Codeone compõe, escreve e interpreta uma música com cheiro a jazz, fado, Música brasileira com uma base reggae, hip hop. 


As letras são cantadas em português e em francês, tratam dos problemas da sociedade. Cada uma das suas canções têm uma mensagem de paz, de respeito e de unidade entre os póvos. São autobiográficas contando a sua própria visão da vida.  

Cordeone obtém o apoio de Jazz à Tours em 2010, Acordéons Gadji, Propul'son.

3 dias após o lançamento do seu primeiro álbum em janeiro 2011, atua no palco em abertura dos artistas Ben l'oncle soul, Danakil (La Nuit du Reggae), La Ruda Salska e foi escolhido para trabalhar com Cédric Kahn no seu filme "Une vie meilleure".

Em 2011, Artista favorito do Festival Terres du SON, atua em palco com Patrice, Yael Naim, Aaron, Philippe Katherine.

MISS ERZULIE TOUR.JPG
 
 

Em 2012, atua no festival do printemps de Bourges

Em 2013, grava um tema com Clyde Spencer (The Drifters).

Em 2017, lança o seu segundo álbum “Miss Erzulie”. 

atua com Nathalie Pires, Ricardo Ribeiro, 

... 2018 Novo label, Novo álbum, Cordeone réalise-se !!